Frequência

Flag Counter

terça-feira, 17 de junho de 2014

Novidade de Vida - Entendimento

(c) 1998 - 2011 Respeite os direitos autorais, ao reproduzir mencione a fonte http://www.ICHTUS.com.br. "E ele prosseguiu: Não tenha medo, Daniel. Desde o primeiro dia em que você decidiu buscar entendimento e humilhar-se diante do seu Deus, suas palavras foram ouvidas, e eu vim em resposta a elas." (Daniel 10:12) Já meditei muitas vezes neste texto, mas admito que sempre foi no sentido de uma oração que foi atendida ou para valorizar a perseverança na espera de uma benção. Hoje me salta aos olhos que tudo mudou, segundo o recado do anjo, quando Daniel "decidiu buscar entendimento". Venho de um ensino e cultura eclesiástica na qual pensar demais era quase pecado, soava como falta de fé e me rotulava como curioso demais. Entendimento nunca foi prioridade, mas decorar texto bíblico e evangelizar sim. Me dou conta agora, depois de tantos anos, que muitas de minhas orações devem ter ficado (ou me deixado) no vácuo apenas por que não me apliquei ao entendimento. Não estou pregando que devamos entender a Deus, até por que isso seria o. Mas temos tantos entendimentos que nos são necessários: entender a situação, entender o que fazer, entender o motivo ou causa, entender o resultado, entender o propósito de Deus, entender meu papel e responsabilidade... Talvez não todos, talvez não o tempo todo, mas esses entendimentos nos são valiosos. Note, uma vida renovada e de novidade em Cristo é uma vida de buscar entendimento e humilhar-se diante Dele. Mesmo não conseguindo, o papel que nos cabe é buscar. Tudo que Deus tiver para mim que possa me ajudar ou fortalecer para eu servi-lo melhor, eu quero, faço questão. Isso deve incluir algum entendimento e portanto nesse sentido buscar entendimento não pode ser pecado. Humilhar-se diante de Deus vem logo a seguir, pois o mero entendimento seja qual for não me serve de nada. Se eu não tiver o temor de Deus que é necessário para qualquer empreitada, é melhor nem começar. Talvez isso explique a conduta de algumas pessoas dentro da igreja que, de forma muito superficial, argumentam que Deus não atende suas orações ou não entendem o propósito de Deus para isso ou aquilo. O que acaba ocorrendo é um esfriamento da fé, como se a fé dependesse de dar certo para ser nutrida. Eu preciso conseguir crer em Deus por Ele ser Deus, não por Ele me atender quando peço algo. Temos de concordar que mesmo fazendo tudo certo e levando uma vida reta em sua geração, Daniel teve de esperar muitos dias pela resposta que não chegava. Isso para nós é uma lição de que, para certas coisas que se resolvem no mundo espiritual, mesmo a nossa santidade pode não bastar. Tem muita coisa envolvida que não compreendemos e nem nos cabe entender. O que precisamos é perseverar em cima de promessa, de convicção, de revelação - isso não é racional mas é entendimento. Quero ainda aprender muito na minha vida com gente como Daniel, que se aplicou de tal maneira a buscar algo de Deus que mobilizou anjos e batalhas espirituais contra principados. Que honra e que privilégio ser assim valorizado pelo Todo Poderoso. Quero ser assim. "Senhor, me ensina a buscar em Ti o entendimento que preciso para todas as coisas da vida, desde o simples até o mais complicado. Eu te dou graças por Teu Espírito que vive em mim." Mário Fernandez Deixe o seu comentário no site: http://www.ichtus.com.br/dev/2014/06/16/novidade-de-vida-entendimento/

Nenhum comentário:

Postar um comentário